A noite mais assustadora do ano está a chegar!

E nós temos as abóboras ideais para a sua decoração e as melhores sugestões para um Halloween terrivelmente saboroso! 

É agora que as abóboras ganham vida!

Personalize a sua abóbora e partilhe a sua experiência connosco nas redes sociais!

Passo a passo:

1. Desenhe o rosto da abóbora com a ajuda do marcador.
2. Faça os olhos, o nariz e a boca da forma mais assustadora possível.
3. Desenhe ainda a tampa da abóbora, no cimo da mesma, para que seja possível retirar o recheio e colocar a vela.
4. Com a ajuda de uma faca, corte o tampo que desenhou e comece a retirar o recheio com a colher.
5. Coloque este recheio no recipiente para que possa usá-lo para confecionar receitas de Halloween.
6. Depois de estar vazia, corte agora os olhos, o nariz e a boca que desenhou.
7. Ponha a vela ou uma luz para iluminar a lanterna e feche a abóbora com o tampo que cortou previamente. E está pronta!

Abóbora Menina Bio Un
Abóbora Menina Bio Un

Abóbora Menina Bio Un

€2,70
Abóbora Manteiga Bio Un
Abóbora Manteiga Bio Un

Abóbora Manteiga Bio Un

€1,50
Abóbora Hokkaido Bio Un
Abóbora Hokkaido Bio Un
Abóbora Hokkaido Bio Un
Abóbora Hokkaido Bio Un

Abóbora Hokkaido Bio Un

€2,70
Abóbora Patisson Branca Bio Un
Abóbora Patisson Branca Bio Un
Abóbora Patisson Branca Bio Un
Abóbora Patisson Branca Bio Un

Abóbora Patisson Branca Bio Un

€2,90

Como aproveitar o recheio da Abóbora?

A nossa chef Joana Xardoné preparou uma receita especial para tirar o melhor proveito do recheio para o seu fim de semana.

Arroz Cremoso de Abóbora 

Ingredientes (para 4 pessoas):

Abóbora menina descascada 400g
250g de Arroz Carolino das Lezírias Ribatejanas - É um bago generoso e tenro, com uma textura aveludada e macia que absorve intensamente os sabores e aromas dos ingredientes com os quais é cozinhado.
Barriga fumada do Fumeiro do Barroso
1 Cebola média
2 Dentes de alho picado
1 Raminho de alecrim
Azeite, sal e pimenta preta QB 

Preparação:

Descascar e saltear a abóbora numa panela com um fio de azeite, cebola e alecrim. Quando estiver ligeiramente dourada, cobrir de água temperar com sal e deixar ferver lentamente até termos a abóbora cozida. Escorrer a abóbora (guardando o caldo) e triturar até formar um puré relativamente espesso.

Numa caçarola adicionar um fio de azeite, cebola picada, o arroz e mexer bem durante algum tempo. Até que o bago comece a ficar “esbranquiçado”. Ir adicionando o caldo de cozedura da abóbora e mexer de vez em quando, para que o arroz vá largando a sua goma. 

Durante este processo, saltear pequenos cubos de abóbora numa frigideira, temperando-os com sal e pimenta preta. Reservar. 

Quando o arroz estiver quase cozido, adicionar umas colheradas do creme de abóbora, para este ganhe todo o seu sabor, aroma, e cor!! Quando o arroz estiver no ponto, juntar os cubinhos de abóbora e um picadinho de barriga fumada do fumeiro do barroso! Para quem não comer carne, este ponto é opcional!

Doce ou travessura?

Bombons de Chocolate Cru Bio em Amoras
Bombons de Chocolate Cru Bio em Amoras

Bombons de Chocolate Cru Bio em Amoras

€3,90
Bombons de Chocolate Cru Bio com Amêndoas
Bombons de Chocolate Cru Bio com Amêndoas

Bombons de Chocolate Cru Bio com Amêndoas

€3,90
Bombons de Chocolate Cru Bio em Banana
Bombons de Chocolate Cru Bio em Banana

Bombons de Chocolate Cru Bio em Banana

€3,90
Bombons de Chocolate Cru Bio em Caju
Bombons de Chocolate Cru Bio em Caju

Bombons de Chocolate Cru Bio em Caju

€3,90
Bombons de Chocolate Cru Bio em Uvas Passas
Bombons de Chocolate Cru Bio em Uvas Passas

Bombons de Chocolate Cru Bio em Uvas Passas

€3,90

Para petiscar 

 Selecionámos os melhores petiscos para tornar a sua festa de Halloween ainda mais animada!

Petiscar pelo Norte

Uma rápida viagem a Trás-os-Montes, mais concretamente a Montalegre e a Gimonde. De dois produtores, três especialidades tipicamente locais! Uma das mais tradicionais regiões de produção de fumeiro, mesmo ao lado dos vizinhos de Boticas e Vinhais

Petiscar pelo Centro

Na passagem pelo centro paramos na Salsicharia do Sr. António Abrantes! É uma relação de há muitos anos e nunca esqueceremos o que nos disse quando o conhecemos: "fazemos com qualidade, sem olhar à quantidade". Na sua pequena salsicharia do Fundão faz produtos maravilhosos com uma paixão inigualável.

Petiscar pelo Sul

De Portalegre ao Algarve não são muitos Kms. Mas da D. Octávia aos irmãos Jerónimo, temos produtos tão distintos que nos faz perceber a riqueza gastronómica do nosso pais. São dois dos produtores favoritos da nossa equipa e uma ode à charcutaria nacional.

Harmonizações com Vinho 

Queijo da Ilha São Miguel e Vinho Rieffel Gewurztraminer 

Juntos à mesa, o ilha e o gewurztraminer ultrapassam-se um ao outro a cada gole, a cada dentada. Competem, mas no final quem ganha somos nós que os provamos.

Lombo da D. Octávia e
Bernard Baudry 

D. Otávia e Bernard Baudry Não há nada que passe pelas mãos de D. Otávia que não seja muito bom. Não apenas muito bom, mas também representativo dos sabores do Alentejo. O mesmo acontece com os vinhos Baudry, tintos de Cabernet Franc, com notas vegetais, frescos e ácidos, de boca cheia mas corpo leve. Um tinto do Loire e um enchido alentejano.

Morcela do Sr. Abrantes e
Peter Lauer Riesling Fass 16 

Este Riesling jovem, próximo da fruta e dos aromas primários, vai oferecer à intensidade do sangue e das especiarias da morcela, o contraste que precisa para se sentir bem acompanhada. Os vinhos destas latitudes (Alemanha) são extremamente ácidos o que proporciona o famoso "corte" na gordura.

Alheira de Vinhais e Orange Wine Burja Bela 2019

O alho que está na origem do nome "alheira", é porventura o elemento mais discreto deste enchido. O ingrediente que explica a singularidade da Alheira é mesmo o pão, que vai azedando ao longo do processo de cura. Para acompanhar sugerimos um vinho com elementos oxidativos, levemente influenciado por aromas secundários tão familiares ao pão. Este vem de longe, mas em pouca quantidade e feito devagar. Da Eslovénia para a Praça.

Petiscos do Mar

Real Filetes - Algarve

No Algarve, a história das conservas confunde-se com a da própria região. Injustamente associada a peixes menos nobres, a qualidade e frescura para fazer estas preparações exige peixe da melhor qualidade, na maior parte das vezes só ao alcance dos pescadores locais.

 A tradição mantém-se, qualidade do pescado, produção local e técnicas ancestrais.

Filetes de Sardinha em Vinagre
Filetes de Sardinha em Vinagre

Filetes de Sardinha em Vinagre

€3,20
Muxama de Atum Especial
Muxama de Atum Especial
Muxama de Atum Especial
Muxama de Atum Especial

Muxama de Atum Especial

€5,50
Atum Patudo Fumado dos Açores - Casa do Portinho
Atum Patudo Fumado dos Açores - Casa do Portinho

Atum Patudo Fumado dos Açores - Casa do Portinho

€11,00

Para acompanhar

Broa de Milho Amarelo - 1,56kg
Broa de Milho Amarelo - 1,56kg

Broa de Milho Amarelo - 1,56kg

€7,75
Pão de Trigo Barbela - 920g
Pão de Trigo Barbela - 920g

Pão de Trigo Barbela - 920g

€4,74
Tostas caseiras de Pão Alentejano
Tostas caseiras de Pão Alentejano
Tostas caseiras de Pão Alentejano
Tostas caseiras de Pão Alentejano

Tostas caseiras de Pão Alentejano

€1,55
Batatas Fritas Cerro da Águia 180g
Batatas Fritas Cerro da Águia 180g

Batatas Fritas Cerro da Águia 180g

€2,45
4 Queijinhos da Joana - Monte da Vinha
4 Queijinhos da Joana - Monte da Vinha
4 Queijinhos da Joana - Monte da Vinha
4 Queijinhos da Joana - Monte da Vinha
4 Queijinhos da Joana - Monte da Vinha
4 Queijinhos da Joana - Monte da Vinha

4 Queijinhos da Joana - Monte da Vinha

€10,60

Entre na garrafeira da Praça e escolha o vinho ideal para a sua noite de Halloween

São mais de 100 vinhos de pequenos produtores que procuram uma agricultura sustentável.
Uma seleção de lugares e de bebidas que revelam a essência desses lugares.